domingo, novembro 25

POESIA DE CRIANÇA

O TEMPO


Pedro Nigri Leone*



O TEMPO É INFINITO, O TEMPO NUNCA ACABA.
O TEMPO NÃO TEM HORA, O TEMPO NÃO TEM FALHA.
O TEMPO NUNCA ACABA, O TEMPO É IMORTAL. 

ELE NÃO DESCANSA E NUNCA VOLTA ATRÁS.
O TEMPO NÃO TEM HORA, O TEMPO JÁ PASSOU.
O TEMPO É O PASSADO QUE SEMPRE REINOU...

O TEMPO É O FUTURO QUE IRÁ REINAR.
O TEMPO DE HOJE, AGORA, É TEMPO DE NUNCA MAIS.






Um comentário:

Silvana Calábria disse...

Li a poesia de Drumond postada logo acima,e, como sempre, me encantei pela precisão das palavras bem colocadas, qdo a gente sabe q é tão difícil ser concreta dessa forma (de usar palavras)qdo se trata de expressar o abstrato; sentimento usado e já abusado.MAS TRATA-SE DE C.D. DE ANDRADE!!!!
Agora,ler uma poesia de uma criança de 11 qnos ( ainda por cima MENINO!) não só me encantou, como me deixou preocupada...o q o TEMPO tem feito em nós?? Se a mim, 50tona, ele cutuca e fere, não deveria causar tamanha profundidade em quem apenas começa a passar por ele. A não ser que fosse a precocidade de quem começa a dar seus primeiros(e já GRANDES) passos na arte DE "POETAR". Me desculpe Drumond, mas acho que depois dessa, vc já pode descansar MAIS em paz...Deixaste um fiel substituto: PEDRO NIGRI LEONE.