terça-feira, dezembro 4

DICAS DE VIAGEM

Pessoal,
Tenho uma super- amiga que gasta quase todo o tempo livre de que dispõe para viajar, o que, aliás, acho muito inteligente da parte dela...
É bem verdade que viajar demanda, além de tempo, algum dinheiro. Por mais econômico que seja o roteiro planejado, ele sempre custa, fazendo com que os viajantes (ao menos a maioria dos mortais) tenham que adiar a realização de outros sonhos, em prol da deliciosa sensação de conhecer lugares novos, diversidades culturais, pessoas de outros continentes, enfim...outras realidades.
Eu acho que as experiências que trazemos na bagagem (junto com um monte de bugingangas que compramos), acaba sendo um super diferencial na nossa forma de viver, na maneira de encarar as coisas, e principalmente no modo de tolerarmos as diferenças, inevitáveis em povos distintos.
Eu e Adriana, essa amiga viajante, planejávamos fazer uma viagem de bibicleta pelo Deserto do Atacama, mas fomos convencidas a desisitir da idéia da bicicleta, em razão do clima e da altitude, e ela resolveu ir da forma convencional e amou!
Eu estava sonhando em fazer uma viagem diferente, mas acabei sendo novamente seduzida pela cosmopolita e surpreendente Nova Iorque, e pedi as dicas da última viagem (para Nova Iorque...) que a Adri fez, e agora as compartilho com vocês.
NOVA IORQUE
- O barato de NY é bater perna. É fácil se localizar, já que as ruas são numeradas e identificadas pelos pontos cardinais E ou W. Eu, particularmente, não tenho o hábito de andar de metrô, porque o táxi é barato, mas dizem que também não tem mistério. O único problema do táxi são os horários de pico. Importante: se estiver chovendo no fim do dia e vc estiver longe do hotel, tipo entre 17 e 19 horas, entre em um lugar para tomar um drink ou comer alguma coisa ou pegue o metrô, do contrário vc vai se estressar para pegar táxi.
- Decidam a programação teatral da semana e comprem logo tudo no primeiro dia, para garantir bons lugares.
- Provavelmente vocês chegarão de manhã cedo, portanto, dêem uma choradinha no hotel, as vezes eles liberam o quarto mais cedo, do contrário, deixem as malas no depósito e procurem um lugar legal para tomar um belo café da manhã, com calma!
Opções de café da manhã:
Espalhado pela Cidade inteira tem o Café Europa. É um Starbucks com mais opções de coisas para comer. Tem iogurtes naturais, saladas de frutas, sanduíches maneiros. É a minha opção de dia a dia. Vale para um almoço rápido ou um lanche à noite também.
Starbucks – um dos cafés mais tradicionais de NY. O café com leite e o moccha deles é tudo de bom!!!! Tem um em cada esquina da Cidade.
Le Pain Quotidien – para um café mais caprichado. É uma rede Belga que só utiliza produtos orgânicos. Vale a pena ir lá um dia para um Brunch. Não é muito baratinho, mas vale a pena. Provem o iorgurte com frutas vermelhas que é uma coisa! Vale a pena experimentar a pasta de praliné e a salada de salmão. Os doces são lindos, ai meu Deus, vocês vão ter que ir lá mais de uma vez rs,rs,rs. Tem mais de um na Cidade, entrem no site que tem os endereços (
www.lepaiquotidien.com), eu fui na que fica perto do Central Park (Sétima Av n. 922 – esquina com a rua 58). Depois, dá pra ir andando passear no Central Park...
Petrossian Boutique & Café – esse é chiquérrimo mas não é carérrimo!!!!!!! Eu não fui mas vocês devem ir!!!!!!!! É um dos restaurantes mais caros do mundo que tem filial em NY. Eles abriram uma Boutique e Café onde é servido café da manhã. Eu entrei no site e vi os preços. Comprei umas guloseimas pra mim na Boutique mas não tomei o café da manhã, vai ficar pra próxima!
O Café sai por 11dólares, os doces são lindos, os pães maravilhosos. Passem lá, são essas coisas que fazem de NY um lugar tão especial!! Fica do outro lado da rua do Le Pain Quotidien – Sétima Avenida n. 911.
Andem pela Quinta Avenida e babem nas lojas maravilhosas de preços impossíveis (rs,rs). Por incrível que pareça, tem coisas para nós mortais, como a H&M que já lançou coleções de roupas desenhadas por Madonna, Stella Mc. Cartney e outras celebridades.
Outra Avenida linda de caminhar é a Lexington no East side, chiquetérrima...
Brinquedos – Quem tem presentes para dar a pequeninos, compre na Toys r' Us na Time Square. Mesmo que não tenha pimpolhos a presentear, vale a pena entrar na Fao Schwartz na 5ª Avenida. A loja é linda e foi cenário do filme Quero ser Grande, e de um filme do Woody Allen que não lembro agora. Só não compre lá porque é muito cara.
Museus – Eu não curto o de História Natural, mas quem gosta diz que é o máximo. Eu gosto muito do Metropolitan. O MOMA eu gosto mais pelo prédio em si, que é uma obra de arte e o Guggenheim pela Coleção de Kandinsky, mas este tópico é ultra super pessoal...
Tirem um dia para passear pelo Soho. Lá tem as lojas descoladas, muita coisa legal para ver, lojas com peças únicas, muito bacana. No dia que forem lá, vocês podem ir na Katz’s Deli (205 E Houston St) onde foi gravada aquela célebre cena do filme Harry e Sally feitos um para o outro, em que ela simula um orgasmo na mesa do restaurante. Fica naquela direção. Nas Delis serve-se comida judaica. Eu não conheço muito. Geralmente eu como sopa de matzá (um caldo de galinha com uma massinha que parece um pão) e um sanduíche de corned beef (um tipo de carne defumada) O sanduíche é gigante. Peça para dividir.
Na verdade, acho que não vale a pena ir na Katz. Deixe para ir na Carnegie Deli, bem mais tradicional e que tem a melhor Cheese Cake (divida também porque é enorme). Eles cobram para dividir, mas vale a pena assim mesmo.
A Carnegie Deli fica na Sétima Avenida n. 854 – altura de rua 51, 53 mais ou menos), ou seja, deixe para ir lá no dia em que estiver rodando mais para perto dos teatros ou do Central Park.
Voltando ao Soho, uma opção legal de comer lá por perto é o Café Habana (17 Prince Street). Os pratos são cubanos, com muito arroz e feijão. Pode dividir porque vem muito.
A prata da casa é uma entrada super gostosa: milho grelhado com queijo cotija e chili. É picante e uma delícia!! Vale a pena conferir. Nós adoramos. Bom, bonito e barato!!!!!
Outro restaurante legal no Soho é o Balthazar (80 Spring Street) tel: 212 9651785 . Nós não fomos, mas amigos nossos que foram disseram que é muito bacana e vale a pena.
Fast Food gostoso – comemos um cachorro quente diferente e gostoso – F& B GudFood 269 West, 23td Street e 152 east 52Street.
À noite, vá para o Village bata perna e veja um lugar com cara boa para entrar. Lá há muitos bares gays...
Fomos a um lugar super legal chamado Tascas, estilo espanhol (130 7th Av. South entre a 10th street West Village e a Charles Street )
Imperdível para jantar é o Spice Market – 403 West 13th Street (altura da 8ª Av salvo engano). Comida Malaia, Tailandesa e Vietnamita. Lugar lindo, gente bonita, descolada, música ambiente boa, tudo de bom!!! Tel 212 6752322 – reserve porque do contrário vc vai esperar mais de uma hora por uma mesa!!!!
Outro programa legal que fizemos foi um show de jazz no Birdland. Jazz tipo cubano, uma coisa mais dançante, mais leve. Fica pertinho do Hotel, do outro lado da rua (West 44street entre 8ª e 9ª ). Entre no site e veja a programação.
Nós vimos o show do Chico O’Farril’s Jazz Orchestra. Acho que tem esse show toda semana. Jantamos lá, foi super agradável.
Carmine’s – 200 W 44street – comida italiana gostosa. Fica na rua do teatro do Fantasma da Ópera. Os pratos são gigantescos e são sufcientes para mais de 3 pessoas. Na saída dos teatros fica lotado, então é bom jantar na hora em que as peças ainda estão rolando.
Bar do Hudson Hotel – 356 West 58th Street - Este Hotel é belíssimo. Eu fiquei hospedada uma vez e é uma coisa!!! O Bar é lindo o restaurante também. Foi projetado pelo Philip Stark. Vale a pena tomar um drink ou jantar lá um dia. Só tem gente bonita!!! Os carregadores de mala, garçons, atendentes, acho que é todo mundo contratado da Ford Models, só pode ser, rs,rs.
Compras
Victoria’s Secret – eu adoro os cremes de lá. Os preços do free shop são iguais, mas as opções são paupérrimas em relação às infindáveis opções que têm na loja. Eu gosto muito de uma linha chamada Body By Victoria. Não é muito conhecida aqui no Brasil e é um sonho de bom. Super denso, hidratante e muito cheiroso. Tem o sabonete e os hidratantes de corpo e mãos. O Almost Naked é o mais cheiroso para mim. No quesito lingerie, eu acho mais complicado, é questão de gosto. As Americanas são 8 ou 80. Ou usam fio dental ou calcinhas enormes, então, eu não curto muito, mas sempre tem alguma coisa para fazer uma graça... Entre no site para pegar os endereços, porque tem várias espalhadas pela Cidade. Me disseram que a loja do Píer 17 é mais barata, eu não conheço. Tem uma em frente à Macy`s na rua 34. Assim, dá pra matar dois coelhos numa tacada.
Macy`s – Tem muitas marcas boas, mas em geral é mais cara. Dê uma olhada na Seção de roupa de cama – tem Ralph Lauren, Donna Karan, Calvin Klein, uma coisa...
Century 21 – Cortland Street – entre no site para ver o endereço certinho e os horários de funcionamento porque eles observarm os feriados judaicos – a seção de bolsas e óculos sempre tem uns achados ótimos. A de roupas também tem umas calças Dolce&Gabana, Rock Republic, enfim, marcas caras a preços inacreditáveis, mas tem que garimpar, porque tem muita coisa feia também Então, vá com disposição. A seção de sapatos tem entrada separada. Dá pra encontrar tênis com preço bom.
Eletrônicos – JR (perto da Century) e B&H ( mais ou menos perto da Macy’s)
Woodbury Common Premium Outlets – Se vc tem intenção de comprar pra valer, vá ao outlet. O passeio é legal e os preços valem mesmo a pena. A loja da Ralph Lauren Home, da Diesel, da Donna Karan, Carter`s, etc. foram as que eu mais amei. Agora tem que avaliar, porque é um dia perdido e tem um custo para chegar lá. Nós alugamos um carro, o que sai barato. Mas se vc quiser eu conheço uma pessoa que faz transporte para lá. O nome dela é Paula (
findpaulinha@hotmail.com).
Outra coisa importante é se cadastrar no site do outlet. Ele vai te ensinar um passo a passo e vc vai imprimir uns cupons de descontos e também um cupom para trocar lá por um livrinho cheio de cupons de desconto. Vale muito a pena!!!!! Não deixe de fazer o cadastro.
Bom, foi o que me lembrei assim de primeira!
Beijos e Boa Viagem.
Adri

3 comentários:

jack / jaquinho. disse...

Meu Deus, mas que têxto grande ( assim como NY )
Sugiro em NY apenas 2 coisas:
Shows de rock ( cambistas, não tem jeito ) e a noite a doidera maravilhosa do East Village.
O resto é o de sempre, andar, andar e andar, ir no metro, fazer programas bizarros ( vcs são muito caretas meninas ! ) e quem tem grana ( vcs pelo jeito ) comprar e comer.
POr mim USA já era, jpa fui inumeras vezes ( NY, California, Hawai que é D+, Florida e etc... )
Bom mesmo é Europa, e o the best por lá em ordem; Itália, Espanha, Portugal e sempore pra encerrar antes de voltar aquele PIT STOP obrigatório e D+ em Amsterdam ( cidade bonite, louca, liberada, ou seja.. D+ aos extremos )
NY já deu no saco, assim como todo os USA.
valeu, jack / jaquinho.

Adriana Ejchel disse...

Complementando as dicas da sua amiga Adriana, do blog, estou te mandando as minhas, pois em matéria de viagem, quanto mais dicas, melhor!!!
Acho que essas valem muito!

1) Programa de Domingo:
Passear pelas ruas do Soho pela manhã pois tem vários artistas expondo na rua e almoçar no Cipriani (376 West Broadway - tel.: 343.0999).
Depois passar no Dean & De Luca para a sobremesa (560 Broadway c/ Prince Street).
Aproveite que está pertinho da loja Crate & Barrel (coisas de casa) que fica quase ao lado na Broadway mesmo.
Tem um hotel que vale a pena a visita no Soho: o The Mercer, onde várias celebrities se hospedam e o Leo di Caprio já morou lá. Tem um restaurante super interessante de conhecer. Só dê uma passadinha., fica na 147 Mercer. É tudo pertinho.

2) Restaurante J.P.Clarke´s - PUB bem americano co mo MELHOR hamburguer que eu já comi.
3ª Ave c/ 54 Street.

3) Restaurante na Broadway c/ 61 St, acho que chama Filomena (italiano muito bom), em frente ao Lincon Center.

4) Feira de artesanato (Chique) atrás do Natural History Museum, aos Sábados pela manhã - vale a pena a visita!

Das dicas da Adriana, já fui e recomendo muito o Le Pain Quotidien. Das Delis tem uma que fomos após o show Blue Man, pois fica perto e é super antiga e charmosa (se é que podemos chamar aqueles garçons que jogam o pepino na sua mesa de charmosos), é a SECOND AVENUE DELI.

Acabei de consultar o Google e descobri que esta maravilhosa Deli fechou pois o dono morreu (qdo. fomos lá eles estavam de luto) e está para reabrir neste mês em outro endereço, vale a pena consultar e ver se abriu.

Dennina disse...

Amei seu blog, menina!!Legal ler esse post porque ao conhecer seu blog logo pensei: esse blog tem a cara de Nova York; afinal, só lá a gente vê tanta coisa diferente e interessante ao mesmo tempo!!
Minha única dica sobre New York é: faça uma lista de prioridades em relação ao que deseja conhecer, porque seja qual for o tempo de que você dispõe para ficar lá, não irá conseguir ver tudo o que a capital do mundo tem pra oferecer e terá que se conformar com isso!
Parabéns e sucesso pra você!