terça-feira, dezembro 4

FILOSOFIA


"Quando a última árvore tiver caído,
Quando o último rio tiver secado,
Quando o último peixe for pescado,
Vocês vão entender que dinheiro não se come!"

Um comentário:

Anônimo disse...

Cara Tania:

Eu prefiro o Iron Maiden, as letras são mais elaboradas e o som é de primeira. Mas o Ozzy tem seus momentos de gênio, como naquela música sobre o médico e o monstro, "My Jekyll doesn't hide". Trecho traduzido:

"Cuidado com as contradições
Debaixo do vazio vermelho
Pois no mundo da ficção
Meu Jekyll não se esconde"

Mais adiante, ele canta:

"Você está pregando revolução
Você não quer dizer genocídio?
Atrás desta resolução
Meu Jekyll não se esconde"

E nosso caro Jekyll não se esconde, está falando conosco, para o âmago, para a semente que existe em cada um de nós. A roqueira Rita Lee permitiu se transcender nessa reflexão em "Baila comigo":

"Se Deus quiser
Um dia eu viro semente
E quando a chuva
Molhar o jardim
Ah! Eu fico contente
E na primavera
Vou brotar na terra
E tomar banho de sol
Banho de sol!
Banho de sol!
Sol!..."

Por isso, a gente trata da terra, das plantas e dos bichos. Para ver tudo germinar, brotar, nascer. Quando a gente se encontra, eu e o caro Jekyll costumamos rir bastante juntos. Aprendemos a celebrar a vida, é isso.

Um abraço, Hans Bintje