sábado, janeiro 26

DESEJO E REPARAÇÃO


Acabo de chegar do cinema, onde fui assistir "Desejo e Reparação", e ainda estou emocionada com a fita.
Baseado no romance Reparação, do inglês Ian McEwan, o filme tem como diretor Joe Wright, o mesmo de Orgulho e Preconceito, também uma adaptação de uma obra literária.
Passei a manhã em casa vendo um DVD sobre a 2º Guerra Mundial, e saí de casa bem sensibilizada com o tema, não imaginando que o pano de fundo do filme seria praticamente o mesmo.
Briony, então com treze anos, debela o tédio de viver numa residência aristocrática e por demais adulta, escrevendo estórias e peças de teatro.
Uma infeliz combinação entre seu sentimento de frustração, por um amor infantil não-correspondido, o calor extremo que fazia naquela localidade naquela época, e a sua imaginação bastante fértil, acaba desembocando numa sucessão de eventos que vai destruir muitas vidas, inclusive a dela própria.
Ela acredita que sua irmã Cecília teria sido alvo do "ataque" do filho da governanta (Robbie), tratado como membro da familia, e o seu equivocado julgamento acaba colocando Robbie na prisão.
O mundo estava em plena segunda guerra mundial e Robbie, da prisão acaba indo lutar na França. Cecília, por sua vez, abandona a sua família e torna-se enfermeira.
Briony cresce e começa a entender a dimensão de seu ato e tenta reparar o seu erro, fazendo com que o filme transcorra de forma poética e pouco previsível, somente se esclarecendo a estória, de forma plena, em seus momentos finais.
Esse é um filme nada "comercial" (mais uma razão para eu ter gostado muito), um pouco lento (adoro!), mas profundamente tocante, vale super a pena assistí-lo.
O longa foi o vencedor do Globo de Ouro como o melhor filme dramático, e teve sete indicações para o Oscar, inclusive como o melhor filme...é esperar pra ver!

4 comentários:

Dani disse...

Orgulho e Preconceito é um filme ótimo também.....lindo e alegre !!!! vale a pena assistir

Dani disse...

Deixo para vc também dicas de alguns filmes que eu assisti e achei legais:

- Geração Prozac
- Homem do Tempo (apesar de lento é muito profundo)
- tem um que estou tentando lembrar o nome.....já te mando rs

bjs

Dani disse...

Heróis Imaginários é o nome do filme.....esse vale muito a pena ver!!!!!

Alex disse...

Grande Tânia!
Também assisti "Desejo e Reparação" e achei uma obra-prima. Aquele primeiro terço do filme, bem como o plano-seqüência na praia são sensacionais! Fiquei ainda mais ansioso para ler o livro, que ganhei de presente da Patrícia...
Bjs!