segunda-feira, janeiro 14

HOTÉIS NO GELO





Tudo começou na Suécia. Pouco a pouco, a mania pegou. Não faltam hoje hotéis de gelo. Sim, com paredes, teto, chão, recepção, camas tudo feito de H2O em estado sólido. A exceção é o Mammut, na Finlândia, construído com neve. A loucura: cada um desses hotéis dura poucos meses. Em geral, abrem em dezembro e fecham - aliás, derretem - no final de março. Abaixo, uma descrição dos principais:
Ice Hotel Canada - A 10 quilômetros de Québec. Aberto em 2002, foi o primeiro das Américas. Para erguer seus 85 quartos, são necessárias 11000 toneladas de neve e 350 toneladas de gelo. Tem cinema, capela e um probleminha: o banheiro fica fora!
Igloo Villages - Existem quatro vilas-iglu na Suíça (Scuol, Zermatt, Engelberg e Gstaad). Todas com saunas e hidromassagem. As fondues de queijo chegam à mesa - de gelo - borbulhando.
Mammut Snow Hotel - Fica em Kemi, na Finlândia, ao lado do maior castelo de neve do mundo. É o único feito de neve.
Ice Hotel - Foi o primeiro do gênero, aberto em 1980 pela artista plástica Julia Azuki. Fica no vilarejo de Jukkasjârni, na Lapônia (Suécia). Tem bar e igreja. Abre em dezembro, com temperatura de 7 graus negativos. No final de abril, transforma-se em100 milhões de litros d'água.
Ice Lodge - Fica em Bjorli, na Noruega. Devido à latitude e à altitude (1250 metros) tem uma das mais longas temporadas.
Alta Igloo Hotel - Também na Noruega, a 250 quilômetros do Cabo Norte. Conta com 30 quartos e galeria de arte. Cada ano é decorado com um tema. Os mais recentes foram a cultura viking e os animais selvagens da região.
Ice Bâlea Lac - O primeiro no Leste Europeu. Abriu em 2006, na Romênia. A uma altitude de 2034 metros, na Serra de Fagaras, resiste durante meses. Apenas as peles de ovelha que cobrem as camas não são feitas de gelo.

Nenhum comentário: