segunda-feira, janeiro 28

OBJETOS DO DESEJO








Eu amo as cores, o design e as idéias que saem da cabeça dos desenhistas de Emilio Pucci.
Nunca tive nenhuma peça das várias que eles criam, pois são muitíssimo caras, mas nem por isso deixo de admirar a incrível combinação de cores, e a estética toda própria que faz com que todas as suas obras sejam facilmente reconhecíveis.
Pucci foi chamado de "O Príncipe das Estampas", criando um um estilo único reconhecido e imitado até os dias de hoje.
Desde 2000 que a Casa Pucci é controlada pelo gupo LVMH, detentora de várias marcas de luxo como Louis Vuitton, Dior, Fendi e Givenchy e a partir daí a grife, um pouco esquecida, voltou a figurar entre as mais importantes da moda mundial.
Christian Lacroix foi o escolhido como diretor de criação da marca, enquanto a filha de Pucci, Laudomia Pucci, cuida da direção de imagem.
É inegável o poder que Pucci teve, e ainda tem, de visitar o imaginário feminino com suas estampas geométricas ultracoloridas, que viraram mania nos anos 60 e que agora voltaram com força total.
A marca Pucci também pode ser encontrada em objetos de decoração (vi uma cadeira forrada com um tecido Pucci de enlouquecer!!!), louças, objetos de arte,etc.
Ao longo de sua carreira, Pucci criou quatro coleções ao ano, mais de 500 modelos desenhados para suas lojas e para a alta-costura. A coleção mais conhecido do estilista foi a de 1966, chamada Vivara, o mesmo nome dado ao seu primeiro perfume.
O ano de 1967 foi marcado pela chamada "puccimania" que se estendeu pelos anos 70. Sua imagem de moda vanguardista o colocou entre os grandes estilistas nas décadas de 60 e 70.
Se você quiser conhecer um pouco mais sobre a vida e as criações de Emilio Pucci, acesse http://emiliopucci.com.

Nenhum comentário: