segunda-feira, fevereiro 1

A moda agora é fazer festa virtual!



















Por Robson Camilo


A minha festa de aniversário este ano, que aconteceu no dia 30 de janeiro, levou o nome de DISRITMIA – A FESTA VIRTUAL DE ANIVERSÁRIO DE ROBSON CAMILO – VERSÃO 4.2 PLUS – e teve como ponto de partida, o fato de eu já ter comemorado de muitas formas essa data.

Gosto muito de festejar e não havia encontrado nenhum lugar ou idéia que me deixasse satisfeito, quando me dei conta de promover um encontro virtual, uma festa em que os presentes estivessem em contato virtualmente: arquivos de música, fotos, posts, e o que mais a imaginação das pessoas pudesse alcançar, serviria como presente.

Criei um convite virtual acompanhado de um texto, convidando todos a se conectarem no dia do meu aniversário, via Facebook, Orkut, Skype, MSN, Google talk, Twitter e email - toda forma de conexão seria válida.

Combinei com os convidados que, ao final da festa, disponibilizaria toda a playlist musical enviada.

A festa teria início 0h01min do dia 30/01 de 2010 e duraria até 24h do mesmo dia. Disparei alucinadamente o convite por todos os meios. Rapidamente as pessoas começaram a retornar confirmando presença e alguns me disseram até o que fariam no dia.

Muitos convidados enviariam fotos, devidamente trajados para a festa, além da lista de músicas pra eu tocar.

Encontrei com algumas pessoas, no meio tempo entre o envio dos convites e a data da festa, ocasião em que, não raramente, era cumprimentado pelo meu aniversário e perguntado acerca da festinha virtual.

Achei bastante divertida e inusitada a idéia e fiquei certo de que meus convidados haviam topado a novidade e iriam aderir à essa nova modalidade de comemoração.

É bem verdade que alguns me retornavam pedindo "maiores esclarecimentos" sobre o convite, mas todos acharam aquilo tudo muito contemporâneo (e doido),  e me garantiram que dariam ao menos uma passadinha na festa.

Houve gente que me perguntou se poderia levar um amigo, ao que respondi que toda festa para ser boa, precisa de um percentual de penetras - no meu caso, virtuais. Receber amigos de amigos no seu aniversário é algo parecido com olhar ao olho mágico na hora da festa e ouvir a pessoa dizendo: sou amigo de....fulano. - Ah, sim, pode entrar !

Essas situações inusitadas incitavam o interesse pela festa e os convidados ansiavam pela chegada do dia.

Como todo grande evento não transcorre sem algum tipo de contratempo, na semana que antecedeu a festa, para o meu desespero e o de meus convidados, a Internet do meu computador começou a falhar e eu entrei em pânico absoluto, imaginando que seria o mesmo imprevisto que chover numa festa ao ar livre, ou faltar luz e ar-condicionado numa festa toda programada indoor.

A tragédia não se instalou, já que os problemas técnicos foram contornados, e eu, ansioso como uma criança, aguardei 0h01min para ver o que aconteceria.

Qual não foi minha surpresa quando, ao conectar, percebi que já havia amigos postando e perguntando que horas começaria a festa e um deles já havia até enviado uma músca, pois não poderia se conectar na data aprazada.

Minha amiga de Curitiba perguntava impaciente: Começa ou não começa? Inicei postando um vídeo de música e subsequentemente as postagens começaram a aparecer.

Num dado momento tive que dormir.(necessário né?) e acordei ansioso pra saber se durante o dia a festa de fato aconteceria. 

Passei o tempo todo recebendo as pessoas, como cabe a um bom anfitrião, criando situações de integração entre os convidados e penetras e levando muito a sério o "evento", ocasião em que organizei  todos os arquivos que me eram enviados.

No meio do dia até o final, o ritmo ficou extremamente frenético e, cada vez mais, chegavam amigos, amigos de amigos e quem mais desejasse participar.

Muito rapidamente a rede se formou e todos, cada um através do meio escolhido, se cumprimentavam e comentavam o que o outro havia feito e o presente que havia me enviado.

Alguns se comportavam como numa festa real, trazendo bebidas, vinhos, champagne e perguntando se podiam fumar alí.

Recebi cerca de 195 arquivos de música, além de muitas fotos (novas e antigas), cartões, vídeos, etc. Foi muito interessante constatar como uma rede tão grande se interligou por um único motivo: Fazer a minha festa de aniversário acontecer virtualmente.

Confesso que por estar só e conectado todo o tempo, fiquei quase vesgo tentanto administrar o que tinha criado e ao mesmo tempo construindo um arquivo com todas as postagens de presentes.

Acredito, verdadeiramente, que essa seja uma bela proposta e que meus convidados e eu vivemos um momento absolutamente novo e inesquecível, o que me fez ter a idéia de promover uma nova edição:  DISRITMIA – Baile de Carnaval Online – onde todos podem postar, arquivos antigos, músicas, artigos, fotos da rua, fantasias, ou o que a alucinação permiitir, numa data específica, pois, além das infinitas postagens, o grande lance será estar on line, criando um ritmo de integração imediato, como se fossem rodas de conversa, onde todos estão juntos em torno de um mesmo tema e viagem.

16 comentários:

Anônimo disse...

EU FUI. Aliás fui várias vezes. A primeira, meia noite e meia. A segunda, por volta das onze da manhã e a última, a partir das sete da noite. Divertidissimo!!! Paula Ibarra

Marcelo disse...

já comprei minha fantasia para o Carnaval virtual, Robson. Adorei a festa.

Erika Riba disse...

Eu também fui! Juro que a primeira coisa que pensei naquele dia foi: hoje é a festa do Robson! Rapidamente eu, meu marido e minha cunhada nos organizamos cada um em seu computador e logo estávamos na festa, postando arquivos e nos divertindo muito. Saímos pra almoçar, mas demos algumas passadas via smart fone pra saber o que estava rolando, quem tinha chegado, etc. Foi incrível! Mais tarde, já no fim da festa, até minha filha adolescente deu uma passadinha. Saiu dizendo que meus amigos são todos doidos. Mas postou um funk, bem no clima fim de festa! ↲
Erika Riba

Paulo Vicente Cruz disse...

A festa foi incrível. Não perderei o baile de carnaval! Disritmia: eu fui!

monica disse...

Estive às voltas com questões aqui e perdi a inusitada festa (aliás, PARABÉNS, MOÇO!). Conte comigo no baile de carnaval : )

Roberta Alencastro disse...

Estive na festa enquanto estava em outra festa, da filha da minha amiga, e foi divertidíssimo estar em duas festas ao mesmo tempo. Enquanto postava minhas músicas e curtia o que as pessoas postavam fui informando amigos da minha rede que estavam on line e que foram aderindo também. Diferente de uma festa com alguém mandando no som, rolou muita diversidade e muita coisa que eu nem conhecia. Fiz meu próprio drink, fumei sem incomodar ninguém, e, creiam, dancei muuuuito.

ana maria santeiro disse...

Pela manhã dei logo os Parabéns. Mais ao final do dia enviei uma música que simbolizasse o maravilhoso da comemoração. E, ontem, comecei a ouvir as músicas postadas. Muito legal. Ainda há muitas por ouvir.

Adriana Cruz disse...

A festa foi tudo de bom!!! Para o baile de carnaval, uma sugestão. A chamada podia ser: Disritimia carnaval - pra quem quer o baile mas não gosta do aperto!

Suely disse...

há todo um potencial a explorar e Robson foi mais uma vez pioneiro na maluquice. Como sempre, arrastou junto um monte de malucos que imediatamente aderiram sem nem saber exatamente a que estavámos aderindo, o que vamos confessar que foi a maior graça de todas: a total falta de controle do negócio :)))

vamos explorar essas possibilidades novas até que fiquem velhas!!

bjs
Suely (a amiga "de Curitiba")

NicoVinci disse...

Eu tava lá! O máximo a festinha...adorei a proposta!

RIOVOLUNTÁRIO disse...

Eu participei desse vanguardismo! Adorei!

Susy disse...

Adorei a nova versao de aniversário do meu amigo de sempre, Robson Camilo.Já estou dentro do Carnaval virtual, pois será um jeito de estar perto da galera aí do Rio e poder curtir um pouquinho esse calor e alegria carioca.
Um forte abraço diretamente de "A CORUÑA",
Susy

Fernando Assumpção disse...

Quando camilo me contou, fingi nao ouvir...

Mas, no dia, o desejo de estar junto com meu querido amigo, mesmo que virtualmente e contribuir com as energias positivas que esse dia cumpre: apostei e postei músicas!!

Fiz um seleção mais brasileira, tangenciando por algo mais popular-bagaceiro-quase cafona.

Espero que Robson tenha gostado.

Sugeri as músicas, nessa ordem, que aparecia na festa, umas 5 vezes q entrei:

Preta Gil - Stereo
Rick Vallen - Vidro Fumê
Sidney magal - Meu Sangue Ferve por você
Simone - Tô que Tô
Rogéria - Rosas
Elza Soares - Formosa

Valeu pela festa!!!

F.

Anônimo disse...

A festa bombou! Acreditem... até consegui fazer Lobato ir tb... isto é incrível.`
Primíssimo, eu amei sua festa e conte comigo para o baile de carnaval, o que não vai faltar é minha animação carnavalesca.
Beijos
Suelyna

AnaMiau disse...

Acreditem ou n ão, eu trabalhava como Promoter Virtual em um jogo online até um tempo atrás!

Fazia sucesso!

Não sei o que as pessoas veem de errad

Leticia Alves disse...

Eu nao pude ir mais minha amiga disse que bombo .
Gostaria de saber como vc organizou