domingo, maio 22

Casa Cor São Paulo: entramos com você no maior evento de decoração do país

Loft do homem moderno - Kiko Sobrino, designer
Conhecido por trabalhar com o lúdico em suas criações, o designer continua inovando. "Criei um armário que concentra várias funções da casa", conta ele sobre a peça de 6 m de comprimento com closet, home theather, cozinha e adega para a sala de jantar. Instalado no meio de um espaço que lembra os loft nova-iorquinos, o móvel permite fugir dos embutidos - pode ser transportado para várias moradias e tem alta durabilidade, abarcando um conceito sustentável. "O maior luxo da atualidade é ser simples e econômico", defende Kiko.
Jardim das fontes - Gigi Botelho, paisagista
Tudo tem uma história nesta área verde na entrada da casa. Uma grande estante de peroba de demolição funciona como um jardim vertical. Os nichos exibem samambaias, éricas e tuias-pavão. A elas, somamse objetos com a pátina do tempo: telhas, tijolos, pás, malas. "Gosto do desenho dessas peças. Por isso, as escolhi como elementos decorativos", diz a paisagista. No centro do deque de canela de demolição fica a jardineira laranja, que já foi mesa de madeira. Até o lustre reaproveita galhos que sobraram de podas. Nada se perde, tudo se recicla.
Café e brigaderia - Flávia Gerab, arquiteta
Tem coisa mais gostosa que comer docinhos de festa na casa de alguém querido? Esta brigaderia lembra mais esta cena do que um estabelecimento comercial. "Criei uma sala de estar com sofás, poltronas e mesinhas por onde ficam expostos os chocolates. E, em vez de um balcão, montei para a recepcionista uma mesa redonda na entrada", conta a arquiteta Flávia Gerab. O toque de originalidade ficou para a estante marrom em forma de chocolate que escorre do teto. Ela foi produzida para abrigar o Lambuzo, um novo produto da loja.
Suíte da mulher contemporânea - Rosa May Sampaio, designer de interiores
Ambientes multiúso servem bem a esta mulher independente e que dá muito valor ao conforto. No dormitório, um show de tecnologia toma forma de decoração. É o caso da lareira virtual. "Você acha que é fogo, de tão perfeita a imagem. Como a peça é toda espelhada, instalei-a sobre uma parede de espelhos", explica Rosa May. Entre as três mesas do quarto, que também serve de ambiente de trabalho, um tampo com tecnologia touch faz as vezes de um iPad gigante. Para que a moradora se exercite sem perder tempo, o banheiro abriga aparelhos de ginástica.
Loft - Rosita Missoni Leo Shehtman, arquiteto
Conhecido como o arquiteto das celebridades, Leo Shehtman participou de 22 edições da Casa Cor São Paulo, o que o torna o mais assíduo profissional da mostra. Em seus ambientes, peças de designers contemporâneos consagrados convivem com elementos clássicos, repletos de história. Uma das marcas registradas do profissional é a ousadia, resultado do mix de estilos e materiais, além da harmoniosa combinação de cores e estampas. "Casa Cor é um momento de realização, em que o profissional pode fazer o que tem vontade. Por isso, sempre procuro ousar", ressalta Leo.
Copa - Ana Lucia Salama e Gerson Dutra de Sá, arquitetos
A dupla de arquitetos superou um desafio e tanto: projetar a copa, que inclui ainda uma área para receber amigos, em apenas 10 m2. O arrojado ambiente apresenta uma combinação de cores marcantes como azul, branco e vermelho, fazendo alusão à bandeira da Inglaterra. Quadros do artista plástico Sami Akl, com imagens da princesa Kate e do príncipe William, formam um arranjo em uma das paredes revestida de laminado estampado. Na área onde se preparam os alimentos, a bancada tem tampo de pastilhas de vidro black.
Banheiro público masculino - Syrlene Del Paulicchi, designer de interiores
Automobilismo e sustentabilidade nortearam a proposta deste banheiro masculino. "Homem adora carro e tecnologia. E a tecnologia aqui vem endossar a preocupação com o meio ambiente", diz a profissional. Está presente no Silestone feito de 75% de material reciclado, na escolha de um revestimento que imita a madeira e até no mictório, que dispensa o uso de água. Uma esponja absorve os fluidos sem deixar cheiro. No espaço do sanitário, um pouco de bom humor: em um nicho embutido na parede aparece a frase "As Ideias Nascem Aqui".
Casa do chá - Daniela G. Francfort, arquiteta e urbanista
"Idealizei um projeto em que a tecnologia interage em sintonia com a sustentabilidade e a qualidade de vida que tanto procuramos hoje", diz Daniela sobre o ambiente da Casa do Chá. Os visitantes têm à disposição mais de 50 sabores da bebida - um convite a uma pausa necessária. Para economizar energia, há lâmpadas de LED e fluorescentes e janelas e portas articuladas de vidro que permitem uma melhor circulação de ar. O piso de madeira de demolição está em harmonia com as colunas de tijolos aparentes e a escultura de Bia Doria.
Suíte do homem apaixonado - Simone Goltcher, designer de interiores
Suíte da Filha Vaidosa - Clélia Regina Ângelo, arquiteta
Uma adolescente vaidosa, meiga e antenada com as novidades tecnológicas serviu de inspiração para o projeto deste generoso espaço de 70 m2. "Pensei numa menina que viaja, que gosta de se cuidar", explica Clélia Regina, autora do quarto multiúso com área de estudo, sala de TV, closet, bancada para maquiagem e banheiro. A base branca recebe pitadas de vermelho e preto, que trazem feminilidade e ousadia na medida certa. Elevada com o tablado revestido de carpete, a cama exibe almofadas de diversas estampas, resultando em um harmonioso conjunto.
Fonte: www.casa.com.br

Um comentário:

Andrea Guim disse...

Oi, amiga!
Vim te convidar pro novo SORTEIO do BLOGARTE em parceria com a MERCI DESIGNS. O presente é super fofo! Bora lá Participar!!

Obs: Amei 'o jardim das fontes'!! Quero 2 pra mim!!!!
Beijins,
Andrea