quinta-feira, novembro 21

Detox para o verão: nutricionista de famosas cria plano de ação especial para perder quilos extras




Qualquer mulher que já fez dieta sabe: mesmo quando o regime traz bons resultados, os quilinhos finais parecem quase impossíveis de perder. “Nosso corpo é treinado para estocar gordura, vem daí a dificuldade de eliminar os últimos quilos, especialmente quando já houve diminuição significativa de peso”, explica a nutricionista Andréa Santa Rosa, dona de um badalado consultório no Rio de Janeiro que atende celebridades como Juliana Paes e Cleo Pires. Segundo ela, para driblar esse “boicote” do organismo, é fundamental adotar estratégias que acelerem o metabolismo e reduzam a produção de cortisol – hormônio diretamente ligado ao estresse e ao armazenamento de gordura. A convite de Marie Claire, Andréa traçou um certeiro plano de ação para emagrecer e acertar as medidas a tempo do verão.
DESINTOXICAR É PRECISO
Regimes muito restritivos podem até funcionar momentaneamente, mas no longo prazo são as dietas saudáveis que vão estimular o bom funcionamento do organismo – e, portanto, manter o peso desejado. Para Andréa, a melhor opção para quem está na reta final do emagrecimento, mas “estacionou” no ponteiro da balança, é apostar em um menu detox de uma semana (veja a seguir o cardápio completo). Simples e eficaz: a desintoxicação promove uma verdadeira limpeza no corpo, em especial no estômago, rins e intestino. “Com isso, há a eliminação dos chamados xenobióticos (toxinas), melhorando a absorção de nutrientes, vitaminas e minerais. O resultado é o emagrecimento e a facilidade de manutenção do novo peso”, diz. Ela aconselha ingerir alimentos que ajudam a “cuidar” do fígado, caso da cebola e da couve. “Esse órgão é responsável por eliminar as toxinas que têm afinidade com as células adiposas. Em excesso, elas aumentam os estoques de gordura, principalmente da região abdominal.” Para regular o intestino, a medida mais eficiente ainda é a ingestão de fibras, que dão saciedade e nutrem a flora intestinal com bactérias “do bem”. “Quando a barreira do intestino não está saudável, os xenobióticos entram em maior número na corrente sanguínea. A consequência é que o sistema imune passa a produzir substâncias que podem aumentar a gordura e a compulsão por doces”, diz a expert.
SEMANA DETOX
Com o menu acima, é possível acelerar o metabolismo rapidamente e eliminar até 2 quilos em sete dias, de forma prática e saudável.

PÓS-DIETA 
Para manter a redução de peso, invista em ideias simples e viáveis para o dia a dia: alimentos com múltiplas funções, suplementos e novos hábitos

Prefira os termogênicos
O nome desses alimentos já entrega sua função, que é aumentar a termogênese corporal. “Eles ajudam, e muito, na perda de peso por elevar a temperatura do corpo, acelerando o metabolismo”, afirma Andréa. A pimenta e o gengibre podem ser usados em temperos. “Já a canela é uma ótima hipoglicemiante.” Ela ajuda a diminuir os níveis de glicose do sangue – e combina com frutas como a banana.


Nutricosméticos já!
Associados a uma alimentação equilibrada, eles são bons complementos de qualquer processo de emagrecimento: seus componentes aceleram o metabolismo e diminuem a retenção de líquidos. Entre os ingredientes mais eficientes está o cromo, que diminui a vontade de comer doces e ajuda a queimar gordurinhas da cintura. “Cápsulas com bioflavonoides, que auxiliam a absorção de vitamina C, são ótimas contra o inchaço”, diz Andréa. Outra novidade é a goji berry. Com efeito detox, essa fruta é riquíssima em fibras e tem alta concentração de vitamina C.

1. Termolen Equaliv, R$ 89,90 (60 cápsulas)
2. DrainSolution Nutrilatina, R$ 104,50 (30 cápsulas)
3. Cápsulas de Goji Berry Chá Mais, R$ 62 (60 cápsulas)
4. NutraBeauty Reduction Beauty’In, R$ 95 (60 cápsulas)

O papel do suco verde
Ele é um excelente aliado em qualquer dieta. “Sua função é alcalinizar o PH do estômago, o que ajuda no emagrecimento”, conta Andréa. Os principais ingredientes devem ser o pepino, que tem papel diurético, e a couve, com ação protetora do fígado. Opte por receitas que levam limão e hortelã, se quiser “tapear” o gosto amargo das folhas.“Prepare o mix com alguma fibra e beba de preferência pela manhã, em jejum, período em que a absorção dos nutrientes é maior”, completa.

erapias alternativas
“A ansiedade eleva o nível de cortisol, hormônio que está diretamente ligado ao armazenamento de gordura”, alerta Andréa. Daí a eficiência de tratamentos que ajudam a cuidar do corpo e da mente, como acupuntura, shiatsu e ioga. “Recentemente virei fã da ozonoterapia”, conta. O processo otimiza a drenagem linfática, tem ação antirradicais livres, e ainda trata a ansiedade.

TPM, e agora?
O desafio é não permitir que a ansiedade atrapalhe a dieta. “A principal causa da compulsão por chocolate vem da falta de magnésio, que tem seus níveis reduzidos nessa fase”, explica a nutricionista. Segundo ela, é recomendável ingerir frutas doces, como banana, que diminuem a vontade por guloseimas e trazem boas quantidades do nutriente

Cuidado no bar
Em vez de fugir dos happy hours, é importante aprender a lidar com a tentação. “O álcool prejudica a dieta, pois retarda o metabolismo e é armazenado como gordura. Então, se for beber, opte pelo saquê, que é menos calórico, ou por uma taça de vinho, que tem ação antioxidante”, sugere Andréa. E há petiscos não tão maléficos assim. Ela recomenda espetinhos de frango ou de carne, porções de tartar e de ceviche, alimentos proteicos crus com baixo valor calórico. “Dispense pães e torradas. Leve este lema para a sua rotina: dividir, sempre. Comer sozinha, jamais.”

Fonte: Daqui

Nenhum comentário: